segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Será?

Claro, não sou a pessoa mais indicada pra falar sobre isso, logo eu que não creio que Deus seja dono do destino das pessoas, eu que nunca tive medo de ir pro inferno, uma vez que viver as coisas a favor próprio prazerosamente é tido como infernal... não vem ao caso. O fato é que vejo pessoas falando o tempo todo, clamando à um deus que, reza a lenda, é misericordioso e santo. Santo? Por Deus favor, o que é essa tal santidade que priva os homens de sua natureza? Paro pra pensar então, Infelizes dos gregos que acreditaram piamente numa morte em guerra e promessas de que os Elísios os esperavam... Os Elísios... talvez os Elísios estejam aqui mesmo, ao nosso alcance, Hawaii, Guatemala, Canoa Quebrada, comida da avó... prazeres como o de descansar aos pés de um velho salgueiro numa manhã de quarta-feira ouvindo rock n’ roll num rádio velho... Ahh, Led Zeppelin... AC/DC... Black Sabath... diabolicamente divinos... Santa Bendita hora em que me vi livre de acreditar que meu destino esta escrito ou controlado por mão alheias. Quando parei de acreditar que sou regido passei a perder o sono, me preocupando em escrever meu destino, mudar as linhas antes que as Parcas passem a tesoura e deem um fim na vida que tenho graças a Deus (porque não). Me vejo então na obrigação de simplesmente viver, correr atrás dos meus sonhos e ambições, prazeres e desejos, assim quem sabe, Deus me perdoe pelos que o enchem de responsabilidade por erros humanos.

4971623236_41959bb590


















quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Ser diferente é normal ...

... Mais uma mentira da mídia, a mesma que impõe você se enquadrar nos padrões da sociedade.

Definição de padrão:

1. padrão : 1-Modelo a ser seguido; exemplo a ser copiado. / 2-Regras de execução de um produto. / 3-Classificação; grau;gabarito. / 4-Modêlo oficial de medida. / 5-Modo regular ou lógico de agir. / 6-Estampas de um tecido.

. Padrões de inteligência, altura, número de calçado, roupa, de beleza ...

E a cada dia que passa morre alguém de fome .... por opção !


video


'Toda embalagem, você sabe que é feita pra enganar' ♪


Taly (;

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

'Respeito é a lei, a única para viver' ♪

Brincos, cor de cabelo, piercings, roupas curtas ou longas, coloridos ou do preto, tatuagens, gosto musical....Nada disso interfere quando sabemos o que somos, o que queremos, do que precisamos, quem queremos por perto, a fé que temos, do que gostamos, o que sentimos, quem amamos, de que família viemos, e que queremos fazer. Cada um é o que é, e ninguém chega perto de ser pelo menos parecido com o outro. Graças a Deus

'E não é que neste mundo tem cada vez mais gente, e cada vez menos pessoas'
(Mafalda)





















Próxima tattoo dia 27/11
Taly (;

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Mais uma dose…

Quando cheguei me vi em meio a gente que queria ao meu lado. O lugar, aconchegante, pelas paredes marcas das pessoas que sempre, sempre mantive guardadas em alguma parte da memória mas o tempo fez questão de querer que enxergasse outros caminhos. Para muitos deles seria apenas mais um personagem vestido a caráter, para ao menos 3, o velho amigo.
Vejo um casal, parece simples, um casal, duas pessoas com desejos opostos conversando, beijando, dois corpos em atrito contra as leis da física se tornando um. Ao lado deles, uma garota. Só, acompanhada por todos, olhava ao seu redor com a impolgação de uma criança com um novo brinquedo em mãos, estranho a seus olhos e costumes. Acanhada, nota que meu olhar involuntariamente passa a se fixar em seus olhos afoitos. Seu jeito doce, contradizendo as regras ditadas pelo ambiente, me fazendo a acreditar que não era o único que não sabia reagir de forma alheia a situação. A sobriedade talvez tenha causado esta reação de minha parte, timidez é algo que me consome quando acredito ter dominio sobre mim. Me contradigo, volto  a olhar pra garota e tudo o que consigo é sorrir, trocar meia dúzia de palavras e um novo crash de sentidos. Olhos, ouvidos, boca e pele já não respondem aos meus comandos e a cada passo da garota com olhos de mar, mais bobo fica meu sorriso.
A noite vem e enfim… nada, nada porém também não é fim. Sopro, vento, brisa e furia. Nas ruas, a caminho do que um dia chamei de casa, aquela imagem não se apaga. No plano de fundo, em primeiro plano e em pleno pensar. Insône e maltrapilho,  de veras encabulado.

video